quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Você está certa!

Como alguém pode me pedir para 'desconstruir' minhas certezas, impondos as suas? É lastimável o discurso hipócrita de algumas pessoas. A complacência e permissão do diferente, só deve ser aplicada aos outros? Muito fácil, minha senhora!(foi minha professora!)
Quando questionei sobre o que ele impunha, estava eu sendo inflexível! Veja só, apenas questionei o que ele afirmava ser certo, e ela nem respondeu de forma coerente, mas não perdeu a sua certeza, e ainda disse que tinha que 'desconstruir' as minhas. Então eu ri. É verdade que sou orgulhosa, e defendo minhas idéias, mas a questão era subjetiva por demais, apenas uma opnião de minha parte, e uma 'certeza' da parte dela. Dessa vez não me impus, e ela, que tanto quer flexibilidade, não se permitiu moldar. Eu ri por pena. Porque é nesse momento que me sinto superior, quando pensam que estou por baixo, ou quando me calo, é quando eu sei que posso não estar certa, mas ela está errada, e eu me permito mudar, e ela não, e no fim eu venci de alguma forma.
Na próxima aula, aparentemente terei 'descontruído minhas certezas', e quando, humildemente, retirar o meu tijolinho, todo muro desmoronará.

Um comentário:

de Sá disse...

hauhAUhuahuaHU...
Isso me lembrou a minha professora do ensino médio. Ela achava lindo aqueles textos subjetivos que tinham milhares de interpretações e sentidos.
Mas quando ela pedia pra você escrever um você tinha que escrever algo direto e seco.
Se seu texto tivesse mais de um significado, além dela não entender nada, ela mandava você refazer tudo...
Vai entender?