sábado, 8 de agosto de 2009

ALTOAUTO

Eu adoro ver as coisas boas que estão escondidas nas ruins. Nada de "Poliana Moça", "O Segredo" ou algum livro de autoajuda (não estou dizendo que os dois primeiros enquadram-se em tal categoria). É mais por ser desafiador, por ser difícil. Por que afundar é fácil, basta se deixar levar e dar o devido alimento: recordações; pensamentos deprês; músicas deprês; sorvete; etc. Mas lutar contra a corrente é tão excitante, dá significado a tudo. E é energético...sim...energético! Foi a primeira palavra que me veio a cabeça, talvez por que seja assim mesmo. Então, mesmo sendo clichê, vou dizer para você ver a flor no alto do cacto.


P.S¹: Antes que perguntem, não estou mal (tirando uma gripe infeliz), esse post é para um amigo que precisa...

P.S²: Post rápido...doente...cama...enfim!

P.S³: Odeio "O segredo" e livro de autoajuda! Pensar positivo...blá blá blá ¬¬"

3 comentários:

de Sá disse...

"O Segredo" eu só li a sinopse pra nunca chegar perto do livro!! auhAuaHuAHuAH...
Mas tudo tem seu lado bom e ruim... mas em geral preferimos ver um ou outro, e não os dois! xD

vyh luiza. disse...

KAOPWDKOPAOWDKAWODPKA.
Mermaan eu jurando que era um livro todo filosófico que explicasse altas coisas e tudo mais, lá vai a besta comprar, nunca terminei. Toda aquela coisa "Uyyy você atrai o que pensa" até que nun é só balela não, mas quando a pessoa tá no fundo do poço é a irá conseguir atrair pensamentos certo, papis. (Y)

Paulo José disse...

;D ta lindo vc fez eu refletir vlw amhull