sábado, 23 de maio de 2009

(8) rá tá tá tá tá tá....

Era pra ser tão simples, paz é uma palavra tão pequena. Mas venho novamente falar o que já estão cansados de saber: que só me interpretam errado. Isso realmente cansa. Estou em uma guerra sem querer lutar. Eu só quero levantar a bandeira branca, retornar à pátria e morar em uma casa no campo, tranquila. Levantar a bandeira não é se entregar ou assumir que perdeu, não na guerra que estou, é apenas cessar algo que não deveria existir.
A luta não é por território, mas é por poder. Eu não preciso atacar, nem me defender. É algo que não podem me tomar. Mas vão continuar a guerra, até que muitos saiam feridos. Eu quero a paz, mas é a força inimiga(não ao pé da letra, por favor) que deveria bater em retirada.
É...nunca deram muito valor a decisões diplomáticas...

2 comentários:

de Sá disse...

Ser interpretado erroneamente... isso cansa.
Bjus guerreira! =-P

Anônimo disse...

não desista pelo cansaso