terça-feira, 22 de setembro de 2009

Não sinto muito, não sinto nada *

Minha estima antigravidade
destrói teu sorriso treinado
pois ensaios não sustetam
o orgulho ensanguentado


*Já escrevi algo parecido, mas não tão cruel.

2 comentários:

vyh luiza. disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAWWWWWWW!!! =x

de Sá disse...

=-S